Hollywood, o sucesso…

Ouve um tempo em que propaganda de cigarros não era proibida na TV brasileira (e o politicamente correto era chamado de careta). Na década de 1980 fumar cigarros estava na moda e as campanhas publicitárias da época possivelmente foram as grandes responsáveis por essa popularização.
Entre todas as campanhas publicitárias da indústria tabagista brasileira a partir do final da década de 1970, uma se destacou e até hoje é lembrada, mesmo por quem nunca fumou. As campanhas da marca de cigarros Hollywood intituladas “Hollywood No Limits” e “Hollywood o Sucesso” invadiram as emissoras de rádio e TV brasileiras e fizeram muito sucesso misturando esportes radicais e rock n´roll de primeiríssima qualidade durante toda a década de 1980 e inicio da década de 1990.

Independente do cerco feito aos fumantes hoje, as propagandas dos cigarros Hollywood marcaram os anos 80, inclusive entre as crianças e adolescentes (palavra de quem foi adolescente na época). Os comerciais mostravam gente bonita, praticando esportes radicais ao som de músicas inesquecíveis da época, como “Did It All For Love”, do Phenomena II, “Love Ain’t No Stranger”, do Whitesnake (o vocalista David Coverdale chegou a gravar um jingle pro cigarro, com falas em português e participação do grupo brasileiro Roupa Nova), “Don’t Stop Believing”, do Journey, “Breaking All The Rules” do Peter Frampton, “Eye Of The Tiger” e “Burning Heart”, do Survivor e várias outras. O sucesso das músicas (lançadas ou não nos comerciais do cigarro) foi tanto que chegou-se a lançar discos do cigarro Hollywood (sim, não é folclore, eles realmente existiram).

As propagandas eram realmente incríveis, e as modalidades de esportes radicais iam de vela, surfe, bodyboarding, esqui, canoagem, rafting, ultra-leve, balonismo à incrível e marcante cena de um carro de Formula 1 correndo no gelo. A gente até ficava na expectativa de qual esporte iria aparecer no próximo comercial. Quem é mais jovem não conheceu essas propagandas milionárias do cigarro Hollywood (modelos famosos e suas lindas mulheres). Belas paisagens e esportes radicais como apelo visual. Qualquer um (não fumante) achava que fumando Hollywood se tornaria um super herói da época (nem que fosse só no subconsciente). Como o foco deles era o não fumante, eles acertavam na mosca, afinal qualquer fumante sabe que fumando, ele mal consegue correr 20 metros, imagine fazer todas aquelas peripécias.

Mais que uma influência, os reclames da marca Hollywood ditaram um estilo de vida que atingiu a juventude dos anos oitenta. De 1973 a 1998 as propagandas desta marca de cigarro foram todas voltadas para o esporte radical. Até hoje esses clipes de comerciais são distribuídos pela internet, vistos e consumidos por milhares de pessoas saudosistas daqueles anos. Vários foram os álbuns de músicas das propagandas do Hollywood lançados no mercado. Os adolescentes de então sonhavam em ser como os homens das propagandas dos cigarros Hollywood, e fumar, trazer na mão um cigarro, para esta geração era estar na moda, era ser um homem vencedor.

A campanha “Hollywood o Sucesso” virou um fenômeno tão grande que chegou a ser citada no refrão de uma das musicas de Raul Seixas onde ele dizia: “eu não sou óliudi (sic), mas sou o sucesso”.

Deixando de lado (só enquanto você lê esse texto) a responsabilidade moral de anúncios e anunciantes, propagandas vendendo um produto que faz mal à saúde, uma coisa é incontestável: essas propagandas eram legais pra caramba. Hoje, comparado com o que se fazia naquela época, percebo que as agências de publicidade brasileiras não fazem algo parecido nem para vender produtos na MTV, de repente percebo que os criativos brasileiros do século passado eram mais criativos.

Vejam aqui um exemplar das centenas de clipes que fizeram parte dessa campanha da Hollywood. (P.s: Tente resistir à vontade de acender um cigarro)

 

Para fechar o cerco ao não fumante com chave de ouro, a Hollywood também patrocinava grandes festivais de rock com atrações internacionais, os Hollywood Rock.


O festival teve início em 1975, depois voltou a ser realizado em 1988, 1990, 1992, 1993, 1994, 1995 e 1996.

Tive a oportunidade de estar presente no ultimo Hollywood Rock realizado em 1996 no estádio do Pacaembu em São Paulo que teve como atrações Jimmy Page & Robert Plant (inesquecível), Smashing Pumpkins, Supergrass, White Zombie, The Cure, Urge Overkill, Steel Pulse, Aswad e Black Crowes, além das nacionais Pato Fu, Raimundos, Cidade Negra e Chico Science e Nação Zumbi.

Nesse mesmo ano foi aprovada a Lei Ordinária nº 9.249, proibindo propaganda de produtos fumígeros em eventos culturais. Desde então o festival não pôde mais ser realizado. Essa lei também deixou saudades para quem curtia o Free Jazz Festival.

Não existe uma lista oficial das musicas que fizeram parte das campanhas publicitárias “Hollywood no Limits” e “Hollywood o Sucesso” então pesquisando em várias listas que circulam na internet, em LP’s e CD’s que foram lançados cheguei a essa relação abaixo:

Hollywood Hits

38 Special – Caught up in you
A-ha – Hunting High And Low
Alphaville – Forever Young
Alessi – All for a reason
Asia – Heat Of The Moment
Asia – Only Time Will Tell
Autograph – Turn up the radio
Bad Company- If you needed somebody
Bliss – I hear you call
Bon Jovi – Livin on a prayer
Bon Jovi – You give love a bad name
Bonnie Tyler – Holding Out for a Hero
Boston – More Than A Feeling
Brian Adams – Run To You
Carrie Lucas – Dance With You
Christopher Cross – Ride like the wind
Cutting Crew – I just died in your arms tonight
Europe – The Final Countdown
Firehouse – Don’t treat me bad
Fleetwood Mac – When I See You Again
Foreigner – That was yesterday
Gary O – Get it while you can
Gilbert Montagn – Just for tonight
Glass Tiger – Don’t forget me when I’m gone
Harold Faltermeyer – Top Gun Anthem
Heart – If looks could kill
INXS – Original sin
J. Geils Band – Frezze Frame
Jimmy Cliff – Love I Need
Joe Satriani – Always With Me Always With You
Joe Satriani – Flying a blue dream
John Cafferty.-Voice of americas sons
John Farnham – You’re the voice
John Miles – Song for you
Journey – Don’t Stop Believin’
Journey – Only the young
Journey – Separate Ways
Kansas – Play The Game Tonight
Kate Bush – Wuthering heights
King kobra – Never say die
Kiss – Forever
Live – Pain lies on the riverside
Peter Frampton – Breaking All The Rules
Phenomena II – Did it all for love
Rare Earth – Warm ride
REO Speedwagon – Keep the fire burning
Roger Hodgson – Had a dream
Rush – Time Stand Still
Sammy Hagar – Winner Takes It All
Santana – Hold On
Scandal & Patty Smith – Warrior
Skin Games – Brilliant Shining
Steppenwolf – Born to be wild
Steve Perry – Oh Sherie
Steve Perry – You should be happy
Steve Winwood – While you see a chance
Steve Winwood- Valerie
Survivor – Burning heart
Survivor – The eye of the tiger
Survivor – High on you
Suzie Quatro – 48 crash
Tears for Fears – Everybody wants to rule the world
Tears for Fears – Woman in chains
The Outfield – Your Love
The Police – Every breath you take
The Police – Every Little Thing She Does Is Magic
The Weather Girls – It’s raining man
The Who – I’m free
The Who – You better you bet
Tina Turner – Break through the barrier
Tina Turner – Simply the best
Toto – Rosanna
Van Halen – Dreams
Van Halen – Jump
Van Halen – Love Walks In
Waysted – Heaven tonight
Whitesnake – Give me all your love tonight
Whitesnake – Love Ain’t No Stranger
Winger – Miles away
Yes – Love will find a way

Pra facilitar a vida de quem tá pensando em baixar todas essas musicas, segue abaixo link seguro e livre de vírus para baixar todas elas ripadas em alta qualidade de uma só vez incluindo também os jingles e a capa (vai precisar de uma boa conexão).

FILESERVE HOLLYWOOD WAY PARTE 1

http://www.fileserve.com/file/ZeZrDqr/hollywood_www.BaixarMp3.net_.part1.rar.html

FILESERVE HOLLYWOOD WAY PARTE 2

http://www.fileserve.com/file/8zqbWAu/hollywood_www.BaixarMp3.net_.part2.rar.html

FILESERVE HOLLYWOOD WAY PARTE 3

http://www.fileserve.com/file/UcqrYKB/hollywood_www.BaixarMp3.net_.part3.rar.html

 

Atualização: ago/2014

Devido à grande demanda de downloads e aos pedidos dos leitores segue abaixo novos links para download da coletânea de musicas da campanha Hollywood Way:

Hollywood Way 01 (arquivo compactado .rar com 89,2mb)

Hollywood Way 02 (arquivo compactado .rar com 77,2mb)

Hollywood Way 03 (arquivo compactado .rar com 90,5mb)

Hollywood Way 04 (arquivo compactado .rar com 86,3mb)

 

Os malefícios provocados pelo hábito de fumar durante todo o tempo em que essas propagandas foram veiculadas no rádio e TV são imensuráveis, mas a herança cultural deixada por elas influenciou a vida de muita gente.
Contrariando as estatísticas, comecei a fumar cigarros muito depois do fim dessas propagandas e nunca experimentei um cigarro Hollywood.

Esse post faz parte de uma série sobre os anos 80/90 que estou escrevendo e é especialmente dedicado aos amigos de longa data que juntamente comigo desbravaram a noite paulistana desde a “boca do lixo” até o Jardins (e alguns outros lugares inusitados) e sobreviveram. Moisés Soares (Barata), Odair Henrique (Boney), Fernando Gonçalves (Spray) e Rafael Correia (melhor censurar esse apelido).

6 comentários sobre “Hollywood, o sucesso…

  1. Claudinei Chassot

    Bem lembrado amigo blogueiro. Além destas produções fantásticas da Hollywood, lembro bem das propagandas da Malboro, que remetia ao lado machão de cowboys e seus cavalos, buscando atrair aqueles que, de alguma forma, se identificavam com tal postura. Lembro também que a Malboro figurou como marca parceira da McLaren pilotada por Sena, Prost e outros grandes pilotos. Nos dias de hoje, o que vemos são lindas mulheres atreladas à comerciais de cervejas. Creio que sentirei uma falta descomunal de tais beldades, no dia em que a industria cervejeira ser obrigada a colocar nos seus rótulos de garrafas e latas, fotos de acidentes de carros com pessoas destroçadas, devido à imprudência de uma parcela irresponsável de consumidores deste líquido dourado e gelado.

    1. Bem lembrado essa ligação dos fabricantes de cigarro com os esportes automobilisticos. No final dos anos 90 (depois de muito pentelhar um amigo) consegui colocar meu nome na lista de um coquetel oferecido pela Marlboro em comemoração dos 20 anos de parceria do Marlboro Team Penske com a presença do Emerson Fittipaldi.
      Fiquei aqui imaginando, todos os pilotos brasileiros da F1 já foram patrocinados por uma marca de cigarros. O que seria dos pilotos decadas atrás sem um patrocinador forte como esse para entrar no circo da F1? Será que a historia seria a mesma se o Ayrton Senna não tivesse a John Player Special?

  2. O comentário abaixo foi escrito por um amigo no Facebook logo após ler o texto, faço questão de postar aqui pois acrescenta muito ao texto.

    Henrique Boney: Eu cheguei a ter uma coleção de singles em vinil com músicas das campanhas publicitárias de Hollywood. Depois da popularização dos microcomputadores, colecionava os Cds promocionais com vídeos, making off, musicas, sinopses, etc, destas campanhas. Cheguei a colecionas também uma coletânea de todos os sucessos musicais de todas as propagandas de todos os anos deles. Adorava a qualidade publicitária, e mais, em uma época que para saber o que estava acontecendo no mundo da música a gente dependia de ligar do orelhão azul para amigos no exterior pedindo pra mandar vinil, ou fazer plantão na Galeria do Rock pra conhecer as novidades trazidas no contrabando (vinil até dentro das calças pra passar na alfândega), as propagandas de Hollywood eram um canal com este mundo que não tínhamos o acesso que temos hoje. Detalhe importante…nunca me influenciou pra comprar cigarro, exceto quando tinha brinde, mas jogava o cigarro fora, eu só fumava Xtra, Gudan Garan, Benson e Headges e Calton Mentolado

    1. Jacqueline gurgel

      Boa Noite.

      Como eu posso conseguir o DVD com esses comerciais? para mim, não existe melhores que eles. Marcou d+ a geração de 70 e 80. Gostaria do dvd principalmente q tem o clip com a música do The Police e do Journey.

      no aguardo.

      Jacqueline Gurgel

      1. Não existe um DVD oficial, a maioria dos clip´s feitos pra marca se perderam com o tempo, alguns ainda se acha no Youtube, o resto, só na lembrança de quem viveu a época mesmo.
        Também gostaria muito de ter os clip´s dessas campanhas (alguns são inesq1ueciveis). O jeito é (a partir da lista de musicas da campanha) sempre dar uma pesquisada na net pra ver se alguma alma caridosa postou alguma dessas raridades…

Os comentários estão desativados.